Profissionais que atuam na área da saúde são geralmente associados como pessoas que usam roupas brancas, principalmente jalecos brancos. Muitas vezes quando pensamos em um médico ou doutor pensamos diretamente em uma pessoa com um longo jaleco branco. Afinal, por que estes profissionais da área da saúde precisam utilizar jalecos como material obrigatório de trabalho?

         Bem, a utilização do jaleco não é algo novo. Tudo começou anos atrás quando a peste bubônica ou a famosa “peste negra” pulverizou por volta de um terço da população europeia. Naquela época pouco se sabia sobre a higiene na área do trabalho, e para se proteger profissionais da área da saúde usavam uma proteção que cobria o corpo todo inclusive pescoço e cabeça além de uma capa escura que muitos dizem ter sido o primeiro jaleco da história.

         Outra versão aponta que o médico Semmelweis nascido na Hungria foi o criador do famoso “jaleco”. Nesta época muitas mulheres morriam por febre puerperal após o parto, então Semmelweis sugeriu para que os profissionais começassem a lavar as mãos entre uma sessão e outra e fortemente apontou a higienização pessoal e de ferramentas para cirurgia como algo que de fato levou a redução de mortes e mais tarde se tornou obrigatório junto a utilização de jalecos, luvas e óculos.

         Em 1978 o Ministério do Trabalho e Emprego através de uma Norma Regulamentadora (NR-6) fez com que o Jaleco fosse um material indispensável de proteção para aos profissionais área da saúde. Atualmente, além da sua proteção ele virou um acessório de moda onde marcas e estilistas projetam e desenvolvem modelos para deixar profissionais da saúde protegidos e também com muito estilo. 

Fonte: http://profissaobiotec.com.br/a-origem-do-jaleco-a-roupa-mais-utilizada-pelo-profissional-de-biotecnologia/


Atendimento Online
Enviar